FRAUDE | Blogs da Capital apontam São Luís na lista de municípios investigados por desvios no FUNDEB

Reportagem do “Fantástico” veiculada no último domingo, 3, denunciou um esquema de desvio dos recursos do FUNDEB no Município de Monção, Baixada Maranhense. Segundo o Ministério Público Federal – MPF, São Luís e outros 135 municípios maranhenses são investigados, conforme divulgou, com exclusividade, na manhã desta terça-feira, 5, o Blog do Jonh Cutrim.

O golpe, segundo o MPF, é aplicado de duas maneiras: numa delas, os dados de pessoas reais são usados clandestinamente. Outra fraude é a criação de alunos fantasmas.

Só em 2019 a Prefeitura de São Luís já recebeu cerca de R$ 270 milhões de reais de Fundeb. Saiba mais clicando AQUI.

O Sindeducação, desde 2013, denuncia a falta de transparência na utilização dos recursos do FUNDEB na Educação Pública da Capital; além da crescente perda de alunos. Para a entidade, existe uma Caixa Preta e um gargalo no gerenciamento desses recursos federais.

As irregularidades apontadas pelo Sindeducação também integraram ação do MPF contra o Município de São Luís, em 2013. Clique AQUI e leia a matéria publicada à época.

No início desta tarde, a notícia já repercute em vários blogs e sites do Maranhão.

Leia a íntegra da matéria publicada pelo blogueiro, ou clique AQUI.

O blog do John Cutrim conseguiu com exclusividade a lista das das 137 Prefeituras investigadas em esquema de Fraude no Fundeb, conforme denúncia feita pelo Fantástico da Rede Globo no domingo. Importante destacar que em algumas prefeituras a irregularidades aconteceram em gestões passadas, conforme apurou o blog.

De acordo com a denúncia, o município, pro exemplo, de Monção recebeu, em 2018, R$ 40 milhões do governo federal pra investir em educação. Mas boa parte desse dinheiro pode ter sido desviada, segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.

Os recursos do Fundeb são a principal fonte de desvio de recursos públicos federais nos municípios maranhenses. Segundo as investigações, o golpe é aplicado de duas maneiras: numa delas, os dados de pessoas reais são usados clandestinamente. A outra fraude é a criação de alunos fantasmas. A cidade de Miranda do Norte também é citada na reportagem do Fantástico da Globo. No total, 137 municípios são investigados no Maranhão.

Veja a lista (municípios marcados em amarelo):

Imprensa Sindeducação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *