Professores, alunos e pais realizam manifestação contra a falta de infraestrutura da UEB Antônio Vieira

DSC_0858Sindeducação participou, na manhã desta sexta-feira, 31, do protesto de alunos, pais e professores contra a falta de infraestrutura da UEB Antônio Vieira. A mobilização ocorreu em frente à escola.

DSC_0865

Indignados com as condições da infraestrutura da unidade de ensino, a comunidade escolar decidiu, durante uma reunião na última quarta-feira (29), suspender as aulas. Eles tomaram essa decisão após uma professora ter sido atingida por uma lâmpada que caiu do teto. Os professores, pais e alunos aproveitaram a presença da mídia para denunciar a situação caótica do prédio e também cobrar providências imediatas das autoridades competentes.

DSC_0883A direção do Sindeducação tem acompanhado a situação da UEB e também requerido junto aos órgãos competentes, inclusive Ministério Público, a apuração de responsabilidades, visto que o poder público deve assumir suas funções, garantindo o bem-estar da sociedade. “O poder público precisa atuar de forma mais efetiva e, nós precisamos cobrar e exigir ações eficazes para evitar uma tragédia no cenário educacional de São Luís”, reivindicou a presidente do Sindeducação, Elisabeth Castelo Branco.

Lidiane Silva, mãe de uma aluna, denuncia que “os professores e as nossas crianças estão correndo risco; os banheiros e os bebedouros não prestam; a escola não tem condições de manter as aulas; a minha filha de 9 anos reclama que a escola não oferece condições, uma criança que já entende a realidade dos problemas”.

DSC_0856A comunidade escolar declarou que as aulas só iniciarão quando a Secretaria Municipal de Educação realizar manutenções e intervenções no local. A entidade sindical presta total apoio aos professores da unidade de ensino. “ A escola possuí vários problemas de infraestrutura; o risco de o teto cair é alarmante, além do mau cheiro que exala todas as dependências. Os educadores e os estudantes merecem uma escola digna”, frisou a vice-presidente, professora Josidete Barbosa.

“A entidade sindical vem realizando rotineiramente os trabalhos de visitas às escolas, buscando conhecer os problemas enfrentados pela categoria e, permanecerá firme denunciando a situação caótica da rede de ensino público de São Luís”, frisou a presidente.

DSC_0886

Na manhã desta sexta-feira, 31, o sindicato encaminhou ofícios aos 31 vereadores, solicitando a instauração de CPI para investigação da aplicação dos recursos da educação e da falta de infraestrutura das escolas da rede de ensino.

Relembre visita do Sindeducação à UEB Antônio Vieira  

Veja ofício encaminhado ao MP

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *