Em São Luís, diretoria do Sindeducação participou do ato #29M realizado na Praça Deodoro

Neste sábado, 29 de maio de 2021, estudantes, movimentos sociais, sindicatos, centrais de trabalhadores e outras organizações de todo o Brasil, voltaram às ruas para protestarem contra o governo genocida de Jair Bolsonaro (sem partido) no ato #29M.

Mais de duzentas cidades de todas as regiões do país aderiram ao manifesto para pedirem o impeachment de Bolsonaro e seu vice, Mourão.

Com várias pautas o #29M teve como palavra de ordem o “Fora Bolsonaro” e a diretoria do Sindeducação esteve presente, na Praça Deodoro, para lutar em defesa da vida, da educação, do “vacina para todos, já!”, do auxílio emergencial de R$ 600; contra o desemprego, cortes de verbas na educação, privatizações e a “reforma” administrativa.


“Cumprindo todos os protocolos sanitários, recomendados no “Guia de cuidados nas manifestações em tempos de pandemia”, produzido pelo Centro Acadêmico de Enfermagem da Universidade de São Carlos (já compartilhado em nossas redes sociais), nós estamos nas ruas para dizer que o presidente Bolsonaro é muito mais perigoso que o vírus da covid-19. Atos contra esse governo genocida vão ganhar cada vez mais força, pois precisamos sensibilizar a população da impossibilidade desse governo de fome, de retrocesso e de mortes continuar” , declarou Ester Durans, vice-presidente do Sindeducação.


Representando o Sindeducação, participaram do ato #29M, a vice-presidente, Ester Durans, a 1ª secretária Geral, Rose Costa, o 2º tesoureiro, Joseilton Melônio, a secretária de Administração, Joysy Anny Macêdo, o secretário de Assunto Jurídicos, Cássio Souza, a secretária de Comunicação, Ana Paula Martins, a secretária de Assuntos Educacionais, Rosiane Veloso, o 1º Titular do Conselho Fiscal, Hugo Silva a 2ª titular do Conselho Fiscal, Patrícia Araújo, o 1° Suplente do Conselho Fiscal, Gilvan Santos e o Membro da Mesa de Negociação Permanente 2021 do Sindeducação, Leonel Torres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *