PRECATÓRIOS DO FUNDEF | Sindicalistas lançam Frente Norte/Nordeste da Educação durante audiência pública em São Luís

Durante a Audiência Pública “Os Desafios da Educação Pública”, realizada pelo Sindeducação e parceiros, nesta quinta-feira, 13, no auditório da FIEMA, em São Luís, os sindicalistas lançaram a Frente Norte/Nordeste da Educação, que reúne entidades representativas dos professores e advogados. O evento discutiu os Precatórios do Fundef e as novas estratégias de luta para conquistar a destinação dos recursos para o pagamento dos profissionais do Magistério.

A Frente Norte/Nordeste foi articulada com o intuito de fortalecer a luta coletiva, buscando alinhar unidade política e jurídica, além de engajar pautas pertinentes, como os royalties do petróleo para a Educação e o Novo Fundeb. “Esse movimento surge como um fôlego para todos nós, nos traz ânimo e a confiança de que estamos no caminho certo, pois é através da unidade que nos fortalecemos enquanto categoria. Será uma frente permanente de trabalho que atuará na defesa de políticas públicas educacionais”, destacou a presidente do Sindeducação, professora Elisabeth Castelo Branco.

“A Frente nasce no Maranhão, mas ela foi fecundada na Bahia, no Ceará, Alagoas, e em diversos outros estados, e nos entrega um maior poder de articulação e organização,  para enfrentarmos os interesses contrários aos nossos direitos. Portanto, essa Frente tem com uma das pautas os precatórios do Fundef, e tem uma linha de ação que passa pelos Royalties, pelo Novo Fundeb e outras questões educacionais”, frisou o presidente da APEOC – Ceará.

Outra perspectiva expressada pela Frente Norte/Nordeste é a criação de uma Frente Parlamentar que atue no Congresso Federal em defesa do recurso da Educação, e defenda uma bandeira em favor dos profissionais do Magistério. Os líderes sindicais também vão buscar representações federais junto aos seus estados.

SIMBOLISMO – A identidade visual da Frente foi aprovada e resgata a figura de personagens que marcaram o cenário de luta das regiões Norte e Nordeste, como Paulo Freire, Maria Bonita e Zumbi dos Palmares, dentre outras figuras ilustres, contextualizando a bravura intrínseca desses povos, e a peleja pela conquista de direitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *