PLP 39 | Deputado Braide informa ao Sindeducação que apresentou Emenda em defesa dos profissionais da Educação

Eduardo Braide acompanha audiência pública dos Precatórios do FUNDEF, na Câmara dos Deputados, a convite do Sindeducação. (Imagem Arquivo: Asscom Sindeducação 2019).

Em resposta ao pedido do Sindeducação, para votar contra o PLP 39/2020, que está sendo apreciado nesse momento pela Câmara dos Deputados, em Sessão Online, o deputado federal Eduardo Braide (PODEMOS) comunicou na tarde desta terça-feira, dia 5, à professora Elisabeth Castelo Branco, presidente do sindicato, que apresentou emenda que propõe a modificação do artigo que trata das categorias que ficam excluídas do congelamento de salários até dezembro de 2021.

Por telefone, o deputado Braide informou à sindicalista que o cenário na Câmara é muito adverso, e que para tentar minimizar o impacto do PLP, apresentou emenda que propõe incluir os profissionais da área da educação nas ressalvas trazidas pelo §6º do art. 8º, para permitir a recomposição salarial, aumentos e contagem de tempo de serviço para a carreira dos profissionais da Educação. “Nossa é intenção é que os artigos que congelam o salário de todos os servidores seja rejeitado pela Câmara, mas diante das incertezas estamos propondo reduzir o impacto dessa medida”, pontuou.

O deputado também solicitou, nas ressalvas, a inclusão dos servidores da União das áreas da saúde, educação e segurança pública.

A emenda tem o objetivo de reconhecer a importância desses profissionais, fundamentais para o futuro de nosso país, e resguardar direitos tão duramente conquistados. Propõe, ainda, a supressão do termo “desde que diretamente envolvidos no combate à pandemia da Covid-19” a fim de evitar possíveis distinções entre os servidores que atuam nessas áreas”, finalizou Eduardo Braide.

A professora Elisabeth agradeceu o retorno do deputado e a apresentação da emenda ao PL, com o intuito de retirar do rol não apenas professores mas todos os profissionais da Educação. “Informaremos a medida aos professores da Rede Municipal de São Luís e prosseguiremos na luta pela retirada total da proibição de reajuste do funcionalismo”, frisou a dirigente.

Confira a íntegra da Emenda apresentada pelo Deputado Eduardo Braide. Clique AQUI.

Imprensa Sindeducação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *