PANDEMIA | Sindeducação prossegue atendendo associados e público em geral por whatsapp, telefone e e-mail


Em virtude do crescimento no número de casos do COVID-19, e ratificação das recomendações de isolamento social pelas autoridades de Saúde Pública, em especial, OMS, Ministério da Saúde e Secretaria Estadual da Saúde, o Sindeducação decidiu prorrogar a suspensão do atendimento presencial na sede do sindicato. Até o dia 15 de maio o atendimento aos associados e público em geral continuará sendo realizado de forma virtual, por meio de contato telefônico, whatsapp e email. O atendimento presencial será realizado apenas em caso de extrema urgência.

Os contatos podem ser feitos pelos telefones: (98) 99177-6431, para ligação; e via whatsapp (98) 98802-0841, ou ainda por e-mail administracao@sindeducacao.org

O Sindeducação atende à solicitação de quarentena decretada pelas autoridades de saúde, evitando a disseminação do vírus e a sobrecarga do sistema de saúde.

No período, também continuam suspensos todos os atendimentos disponibilizados pela entidade na Sala Saúde do Professor, como serviço Odontológico; Psicológico; Nutricional; Clínica Médica; Acupuntura; Drenagem Linfática, dentre outros.

ATENDIMENTO JURÍDICO – O Sindeducação também informa aos professores filiados que desde a última terça-feira, 28, retomou o atendimento jurídico semanal para os associados. Em razão da pandemia Covid-19, que ocasionou o isolamento social recomendado pelas autoridades de saúde, o atendimento da Assessoria Jurídica do sindicato é realizado via telefone, somente ligação. No ato da ligação, o professor deve estar munido de dados pessoais (RG, CPF e se possível o número do processo ajuizado).

A professora Elisabeth Castelo Branco, presidente do Sindeducação, explica que o atendimento jurídico será realizado pelo número (98) 99137-7243 (somente ligação). “O advogado está atendendo toda terça e quarta-feiras, das 15 às 18h; e quinta e sexta-feiras, das 9 às 12h”, frisa.

Ainda segundo a dirigente sindical, o Sindeducação reforçou sua estrutura para que o trabalho da entidade na defesa dos direitos da categoria não pare. “Há um planejamento remoto para atender com a mesma qualidade como já se faz presencialmente com os associados. “O momento atual requer cuidados, esperamos que seja passageiro e que sirva para nos fortalecer enquanto sociedade. Tão logo voltaremos às nossas atividades”, conclui a presidente.

Imprensa Sindeducação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *