Nota de Repúdio à Prefeitura de São Luís

NOTA IMPORTANTE

Em nota, o SINDEDUCAÇÃO – gestão “Renovar & Avançar na Luta” repudia a atitude omissa da PREFEITURA DE SÃO LUÍS, que até o momento, não apresentou nenhuma contraproposta de REAJUSTE PARA A CATEGORIA DE PROFESSORES.

Mais uma vez, o PREFEITO Edivaldo Holanda Júnior AGE DE FORMA ARBITRÁRIA E DESRESPEITA a lei do piso, que garante o reajuste salarial da classe, assim como, DESVALORIZA PROFESSORES, ALUNOS E SOCIEDADE, que vem sofrendo com o desgoverno do poder municipal.

O atual panorama da EDUCAÇÃO PÚBLICA DE SÃO LUÍS É PERSONIFICADO POR UMA CONJUNTURA CAÓTICA, em que escolas funcionam sem infraestrutura básica – com telhados comprometidos; paredes rachadas; cadeiras escolares quebradas; sem ventiladores em salas de aula; a falta de água; condições insalubres; falta de segurança; carência de material pedagógico, dentre outros problemas.

A categoria repudia ainda a ATITUDE IGNORANTE E INATIVA DA PREFEITURA DE SÃO LUÍS aos problemas vigentes na rede, que tem esfacelado o maior pilar de desenvolvimento da sociedade – a educação. Em toda história política de São Luís, o ENSINO NUNCA FOI TÃO NEGLIGENCIADO E DESVALIDO quanto na gestão de Edivaldo Holanda Júnior.

Ao longo de três anos, o prefeito se mantém OMISSO A DEGRADANTE REALIDADE DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL, desta forma, tem fragmentado e precarizado o ensino da capital maranhense.  Além da desassistência aos problemas básicos nas escolas, a fragilidade gerencial da rede educacional tem favorecido a incidência da violência nesses espaços escolares, que já contabilizam mais de 40 escolas saqueadas e invadidas por criminosos.

Mediante ao DESCOMPROMISSO DO PREFEITO EDIVALDO HOLANDA JÚNIOR com os professores, a categoria poderá em assembleia geral convocada para tal fim – deflagrar uma greve para REIVINDICAR E LUTAR PELOS SEUS DIREITOS.

PROFESSORES, ALUNOS E SOCIEDADE SOFREM PELO DESGOVERNO de um poderio político intransigente e despreparado para assumir suas funções.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *