Não à PEC 55 – Sindeducação apoiará a mobilização Nacional de Lutas

b
O Sindeducação – gestão Renovar e Avançar nas Conquistas apoiará a mobilização nacional do dia 25 de novembro, em protesto à PEC 55 e todas as medidas que preveem a retirada de direitos sociais e trabalhistas dos cidadãos.

A grande corrente de mobilização nacional, que tem reunido centrais, sindicatos, movimentos sociais e a classe de estudantes, vem realizando várias manifestações a fim de pressionar os parlamentares, para que os mesmos não aprovem a proposta indecorosa do atual governo federal.   A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55 já foi aprovada em dois turnos na câmara e aguarda a votação no Senado, que ocorrerá no dia 29 de novembro.

A orientação do Sindeducação, seguindo o movimento nacional, é de que o professor(a) paralise as atividades por uma hora no seu espaço de trabalho, e utilize o tempo para conhecer e discutir sobre as consequências da PEC 55, que irá atingir a educação, a saúde e em geral os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. Na última paralisação nacional, ocorrida no dia 11 de novembro, o Sindeducação promoveu uma palestra sobre a PEC do teto que limita os gastos públicos, na sede do sindicato, e também participou de uma grande manifestação no centro da cidade. O momento foi muito importante para os professores, que puderam conhecer e tirar as dúvidas sobre o assunto.

O Sindeducação, que vem incisivamente fortalecendo as paralisações na capital maranhense contra as medidas desrespeitosas que irão atingir a classe trabalhadora e toda a população, reafirma, mais uma vez, o apoio à luta pela garantia dos direitos e por uma educação pública de qualidade. ‘‘O sindicato está engajado nesta luta, pois não iremos aceitar que os diretos dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil, conquistados com muitas lutas, sejam retirados”, afirmou a presidente do sindicato, Elisabeth Castelo Branco.

Essa luta é de todos nós, vamos unir forças e resistir: não à PEC 55.  Vote contra a PEC 55/2016

 

Relembre a paralisação do dia 11 de novembro.

Debate no Sindeducação detalha malefícios da PEC 241

 

1 comentário

  • Concordo plenamente com a mobilização nacional e não aprovo a proposta exposta pelo atual governo federal. Também faço o meu manifesto contra esse presidente que não foi eleito pelo povo brasileiro por isso sou contra a PEC 241 e digo Fora Michel Temer e fora Sérgio Moura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *