FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO | Sindeducação visita escolas e mobiliza professores para seminário no próximo dia 22

A diretoria do Sindeducação intensificou nesta semana, no período de 4 a 8 novembro, o corpo-a-corpo com os professores da Rede Pública Municipal de São Luís buscando mobilizar a categoria para o Seminário “Financiamento da Educação Pública: Precatórios do FUNDEF e Novo FUNDEB. As sindicalistas Izabel Cristina e Nathália Karoline visitaram cerca de 20 escolas, convocando os profissionais da Educação para o evento realizado pela Frente Norte/Nordeste pela Educação e entidades sindicais parceiras.

O seminário vai acontecer no dia 22 de novembro, às 8h, no auditório Alberto Abdalla, na Federação das Indústrias do Estado do Maranhão – FIEMA, com as presenças confirmadas dos palestrantes: Heleno Araújo, presidente da CNTE; Anízio Melo, presidente da APEOC (CE); João Ricardo Xavier, Coletivo Jurídico (PE); e os deputados federais Idilvan Alencar (PDT/CE) e JHC (PSB/AL).

As sindicalistas visitaram as UEB’s Camélia Costa Viveiros; Rosália Freire; Ministro Carlos Madeira e o Anexo Japiaçu.; Henrique de La Roque Almeida; Rosa Mochel; e Orquídea Santos. Também visitaram as UEB´s Newton Neves, Miguel Lins (Educação Infantil e Fundamental), Luís Viana, Senador Miguel Lins, Alberico Silva (CIEP), Dayse Linhares de Souza e Ministro Mário Andreazza.

Além de convidar os professores para o evento, e ressaltar a importância da temática a ser tratada pelos palestrantes para a categoria; as dirigentes falaram sobre informes da Campanha Salarial 2019, acúmulo de cargos, e outros temas.

A professora Francinete Moura, da UEB Camélia Costa Viveiros, considerou a iniciativa positiva. “É um tema importante, pois se trata do financiamento da educação, e suas verbas, que muitas vezes não são utilizadas pelos gestores como deve ser, e quem sofre com esses danos são os alunos e professores. Nós da UEB Camélia somos um exemplo desse abandono”, frisou.

Para a professora Edilene Gonçalves, também da UEB Camélia, o evento é importante “uma vez que é um dinheiro da Educação, e que faz uma grande diferença. É tanto dinheiro que os prefeitos estão de olho nele para desviar para outras áreas, e porque não aplicar em Educação e nos professores? Somos essenciais! Vamos ter que lutar e brigar por esse dinheiro que é nosso”, enfatizou.

A professora Maria Cícera Costa Brandão, do Anexo Japiaçu (UEB Carlos Madeira), falou sobre a importância da participação dos professores no evento. “Quanto maior o número de pessoas mais força terá o movimento, e o governo olhando essa movimentação vai entender que a categoria está querendo que seja aprovado o novo FUNDEB”, destacou.

A professora Izabel Cristina ressaltou que a mobilização nas escolas é uma etapa essencial para o sucesso do evento. “A partir dessa semana aceleramos a nossa mobilização, com o diálogo esclarecedor aos professores explicando a importância da temática a ser abordada”, destacou a sindicalista.

A dirigente Nathália Karoline mencionou o compromisso do sindicato com a categoria de professores de São Luís em oportunizar um diálogo enriquecedor com palestrantes de renome nacional, que vão trazer suas experiências e compartilhar estratégias utilizadas em outros estados e municípios que já conseguiram conquistar o repasse dos 60% dos precatórios do FUNDEF.

Imprensa Sindeducação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *