MÊS DO PROFESSOR | Sindeducação dá início aos atendimentos gratuitos do Projeto Saúde e Bem-estar dos Professores

Escala de atendimentos do período de 7 a 11 de Outubro. Gratuitos!


O Projeto Saúde e Bem-estar dos Professores, idealizado pelo Sindeducação para comemorar o Mês dos Professores, realizou, nesta segunda-feira, 7, o primeiro dia de atendimentos gratuitos de saúde. Profissionais especializados realizaram atendimentos de Massoterapia e Psicologia. Ao longo desta semana, de 8 a 11, os atendimentos prosseguem com Clínica Médica, Fonoaudiologia, Psicologia, Nutrição, Massoterapia, Acupuntura e Odontologia.

Os agendamentos foram feitos através do telefone (98) 98802-0841 nos dias 3 e 4 de Outubro, mas para algumas especialidades ainda há disponibilidade de vagas, como por exemplo Odontologia, que oferece serviços de limpeza e aplicação de flúor. Ligue e faça seu agendamento!

Pela manhã a educadora física Leonice Sá fez atendimentos de Massoterapia; e pela tarde, houve atendimentos com a psicóloga Débora Santos. Confira as especialidades e os horários de atendimento:

A diretora Nathália Karoline falou sobre a expectativa do sindicato em relação ao projeto que faz parte das homenagens ao Mês do Professor. “O sindicato está feliz em poder ofertar uma gama de serviços de saúde, que são tão necessários aos professores. É uma forma de retorno muito diferenciada e uma ótima oportunidade ao filiado comparecer, mais frequentemente, à sede da entidade sindical”, avaliou.

Para a sindicalista, a semana vai render um resultado muito positivo na categoria. “Já estamos planejando a continuidade desse serviço, por meio de uma tabela fixa de atendimentos com um valor bem acessível ao professor filiado”, destacou.

APROVADO – A iniciativa agradou aos professores. “Achei o procedimento sensacional, maravilhoso. Chegou na hora certa para mim, estava precisando. A massoterapeuta fez um excelente atendimento, fiquei bem à vontade e saí bem relaxada. Nota mil para a Direção do Sindeducação, esta ação está sendo maravilhosa para todos nós e espero que continue”, avaliou a professora Marlow Gorete Barros Pinheiro.

A professora Elanny Carneiro de Carvalho também fez uma sessão de Massoterapia e gostou do resultado. “Achei maravilhoso. Era um serviço que faltava e espero que continue. Todos os professores têm uma jornada de trabalho muito intensa, e essas técnicas de relaxamento ajudam a melhorar o físico e o emocional. Todos os professores devem fazer”, recomendou.

A psicóloga Deborah Santos, que é parceira do sindicato há mais de um ano, parabenizou mais uma vez a iniciativa do Sindeducação em promover projetos com foco na saúde dos professores, uma vez que o sindicato luta por direitos; e nada mais justo que cuidar e assegurar o direito à saúde dos professores. “O serviço de psicologia tem total relação com o âmbito dos profissionais que trabalham em sala de aula, uma vez que eles passam por dificuldades, por situações de exploração, violência, condições desumanas dentro do ambiente de trabalho. Uma assistência que possibilite esse cuidado com a saúde mental certamente ajuda”, frisou.

Professora adentra a Sala Saúde do Professor para iniciar sessão com a psicóloga Deborah Santos.


O atendimento psicológico foi o serviço procurado pela professora L. M. R. R. “Acho louvável essa atitude. Os profissionais da educação precisam desse acompanhamento psicológico porque os problemas são variados, e você tendo esse equilíbrio emocional fica muito mais fácil lidar em sala de aula e desenvolver um trabalho melhor. Gostei do atendimento. Cheguei aqui me sentindo muito pra baixo e estou me sentindo bem melhor e, inclusive, já até agendei para a próxima segunda. Para mim esse serviço está sendo importantíssimo. Recomendo e acredito que muitos professores virão aqui buscar esse atendimento”, mencionou.

O Sindeducação oferece o atendimento de psicologia todas às segundas e quartas-feiras pelo turno da tarde com a psicóloga Débora Santos. A consulta tem um valor acessível aos professores filiados e dependentes. Os atendimentos gratuitos vão até a sexta-feira (11).

Imprensa Sindeducação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *