GOVERNO FEDERAL PRESSIONADO PELOS SINDICATOS RECONHECE O REAJUSTE DE 33,23% DO PISO PARA 2022.

Após muita cobrança e pressão dos sindicatos, o governo Bolsonaro finalmente reconheceu o reajuste de 33,23% para o Piso dos professores da rede pública de educação básica, o que eleva de R$ 2.886 para R$3.845 o Piso Nacional da categoria. Previsto na Lei 11.738/2008 (Lei do Piso), o valor mínimo para os docentes da educação básica deve ser reajustado anualmente em janeiro.
E mesmo com essa indicação formal do reajuste do piso em 33,23%, há um enorme desafio ainda pela frente: o cumprimento dessa lei pelos estados e municípios, como é o caso de São Luís, que há 5 anos não concede reajuste aos professores. Eduardo Braide, por exemplo, pagou o salário dos professores referente ao mês de janeiro na data de hoje, sem considerar o reajuste do piso para 2022
Vale lembrar que mote principal da nossa campanha salarial de 2022, deliberado pela categoria, é a reivindicação da atualização, em janeiro, da tabela salarial em todos os níveis, de acordo com a Lei do Piso, isto é, o MENOR vencimento dos profissionais do magistério do nível médio, com jornada de 40 horas, deve ser de R$ 3.845,63.

________________

IMPRENSA SINDEDUCAÇÃO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *