Concursados 2016| Após mais uma reunião, Semgov se compromete de levar a pauta de reivindicação ao Prefeito Eduardo Braide

Na tarde de sexta-feira (16), o Sindeducação, junto com uma comissão formada por professoras que foram aprovadas no concurso público da Prefeitura de São Luís de 2016 foram recebidos para mais uma reunião na sede da Secretaria Municipal de Administração (Semad), a pedido do secretário de governo (Semgov), Enéas Garcia. Este encontro ocorreu após manifestação realizada pelos professores aprovados no concurso e pelo Sindeducação na manhã de quinta-feira (15) em frente à Prefeitura de São Luís. No ato, o sindicato cobrou um reposta do prefeito Eduardo Braide para a convocação desses profissionais, que esperam há mais de 4 anos pela posse e temem que o prazo do concurso público expire no final do mês de maio.

Durante a reunião na Semad, mais uma vez foi exposto toda a situação dos mais de 100 profissionais que anseiam pela convocação ao secretário Enéas Garcia. A presidente do sindicato, Regina Sheila Bordalo, inclusive explicitou que, de acordo com documentação preliminar elaborada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), há uma carência no Ensino Fundamental de cerca de 200 professores. As representantes dos aprovados no concurso também apresentaram levantamento, elaborado a partir das publicações em diário oficial do município até outubro de 2020, em que constataram a existência de 111 vacâncias na rede, reforçando que a rede pública municipal precisa urgentemente desses profissionais, e considera inadmissível a demora e burocracia para a solução deste caso.

Na oportunidade, as dirigentes do Sindeducação reforçaram a necessidade de o prefeito conceder uma audiência com os representantes da categoria de professores, formada por mais de 6 mil profissionais, cujo papel social e político é de extrema importância para os serviços públicos da cidade e lembraram que a entidade está realizando uma campanha virtual para sensibilizar o prefeito. Além disso, mencionaram os inúmeros documentos enviados à Semgov, cobrando os direitos estatutários e a ampliação dos professores aprovados no Edital nº 02/2020- Semed. O secretário Enéas Garcia, ao ouvir todos os relatos e receber todos os documentos, comprometeu-se em realizar uma reunião com o prefeito Eduardo Braide e dar uma devolutiva ao sindicato e à comissão sobre o assunto em reunião já marcada para o dia 26/04/2021

“Consideramos muito produtiva a reunião, vamos aguardar a próxima reunião, mas continuaremos mobilizadas. Estamos ao lado de todos os professores e vamos lutar incansavelmente pela posse desses 132 profissionais. Esse caso e tantas outras demandas precisam de urgência. Nós seguimos com a nossa campanha “Braide, receba os professores!” porque precisamos de um retorno do prefeito sobre vários assuntos que afligem a categoria dos profissionais do Magistério. Não vamos descansar!”, declarou a Secretária Geral do Sindeducação, Rose Costa.

CONFIRA A ATA DA REUNIÃO CLICANDO (AQUI)

_______________

IMPRENSA SINDEDUCAÇÃO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *