COMUNICADO | Não haverá Vigília nesta quinta-feira, (13)

O Sindeducação informa aos professores da Rede Municipal, que nesta quinta-feira, 13, NÃO haverá Vigília na Câmara de Vereadores, por não haver Sessão Ordinária marcada para a data. A Direção do Sindicato aguardou até o início da noite desta quarta-feira, 12, a confirmação de uma possível convocação, pela Mesa Diretora da Casa, de Sessão Extraordinária, mas até o momento não ocorreu.

Apesar da não realização da Vigília, o Sindeducação vai passar a manhã monitorando os bastidores do Parlamento Municipal, para evitar surpresas, e em caso de urgência, convocará mobilização para esta sexta-feira, 14.

Os professores esperam que os vereadores acatem as alterações sugeridas em duas reuniões, uma na segunda, dia 10, e outra realizada nesta quarta-feira, 12, com apresentação didática do tema. Na avaliação do Sindeducação, todos os quase dez vereadores presentes saíram esclarecidos da reunião; cabe aos vereadores, agora, colocar em prática as alterações.

O Sindeducação aproveita a oportunidade para esclarecer, também, que nas três sessões dessa semana, não havia quórum mínimo para se iniciar votação de qualquer projeto na Casa. Dos 31 vereadores, pouco mais de dez transitaram pelas dependências do Plenário ao longo dos últimos dias.

Caso a Câmara Municipal não aprove o projeto neste mês de fevereiro, a Prefeitura não poderá efetivar abono salarial a partir das ‘sobras’ do FUNDEB.

Os professores devem ficar atentos às convocações do Sindeducação, e firmes na luta pelo reajuste salarial aprovado pela categoria; direitos estatutários; ampliação de jornada; condições dignas de trabalho, dentre outros. Além disso, devem comparecer, em grande número, à Assembleia Geral do dia 18 de fevereiro, momento em que os profissionais do Magistério vão debater e aprovar estratégias para fazer da Campanha Salarial 2020, uma luta vitoriosa. Dias 3, 17 e 18 de Março tem mobilização nas ruas da Capital.

Vem pra luta professor! Juntos Venceremos!

A Diretoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *