Como podemos ajudar os Yanomamis?

No dia 20/1, veio à tona que 570 crianças de até cinco anos, além de adultos, morreram de doenças evitáveis, entre 2019 e 2022, na Terra Indígena Yanomami, em Roraima. As fotos de crianças e idosos esquálidos, desnutridos, divulgadas na imprensa e nas redes sociais causaram comoção mundialmente.
Com isso, o atual governo, após visita do presidente Lula e Ministros ao estado, decretou emergência de saúde na área e anunciou uma série de medidas, como o envio de equipes médicas à região e a instalação de um hospital de campanha em Boa Vista.
O Sindeducação não se omite diante esta crise, nós, enquanto entidade sindical podemos dar visibilidade a essa pauta, exigindo punição aos responsáveis pelo genocídio dos Yanomamis – vítimas da omissão criminosa orquestrada e conduzida pelo último governo, e claro: informando a sociedade sobre iniciativas criadas para socorrer e apoiar os indígenas.
Confira a seguir como você pode ajudar!

Voluntários no SUS
Se você é profissional de saúde, seja medicina ou enfermagem e também nutricionista, pode apoiar voluntariamente a Força Nacional do SUS para reforçar as equipes no território Yanomami. As pessoas voluntárias trabalham no atendimento direto aos pacientes localizados na Casa de Saúde Indígena (Casai) Yanomami e na assistência do hospital de campanha do Exército.
Basta se inscrever no site:
https://www.gov.br/saude/pt-br/composicao/saes/dahu/forca-nacional-do-sus

AÇÃO DA CIDADANIA
A ONG está realizando campanha para levar alimentos à população Yanomami. Essa ação é coordenada junto aos órgãos do Governo Federal, como o Ministério do Desenvolvimento Social, Funai, Militares e entidades locais. Quer fazer parte dessa ajuda?
Acesse o link e veja como doar no site oficial da campanha:
https://www.acaodacidadania.org.br/sos-yanomami

CUFA E FRENTE NACIONAL ANTIRRACISTA
Assim como a Ação da Cidadania, a Central Única das Favelas (Cufa) e a Frente Nacional Antirracista também estão arrecadando doações para enviar alimentos para os Yanomamis. Acesse o site:
https://favelascomyanomami.com.br/

ASSOCIAÇÃO MÉDICOS DA FLORESTA
No momento, a associação realiza ações médicas na reserva Yanomami. Os profissionais da saúde trabalham com atendimento pediátrico, clínico e oftalmológico.
Se você deseja ajudar de alguma forma, acesse:
https://amdaf.org/
ou o Instagram @medicosdafloresta

SOS YANOMAMIS
As universidades federais brasileiras, em especial as localizadas na Região Amazônica, estão se mobilizando para auxiliar o povo Yanomami e outros povos tradicionais que passam por uma situação de emergência humanitária. Elas briram chamado para voluntários em diversas frentes de atenção, cuidado e assistência aos Yanomami, formando uma equipe multidisciplinar entre as instituições da região para o atendimento imediato e posterior aos indígenas.
Neste link você pode acessar o formulário de cadastro:
https://bit.ly/3DUrAIG

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.