BLOCO DE MOBILIZAÇÃO | Resistir para Existir se prepara para ir às ruas neste sábado (23)

O Bloco de mobilização: Resistir para Existir vai às ruas da capital maranhense neste sábado, dia 23, em defesa dos direitos dos profissionais do Magistério. A concentração será na Praça da Bíblia (Fabril), a partir das 15h, com circuito até a Madre Deus.

A idealização do bloco faz parte das ações de mobilização da Campanha Salarial 2019, deliberadas pela categoria em Assembleia Geral realizada no dia 24 de janeiro. O objetivo é fazer dessa tradição brasileira, um momento de luta em defesa do Magistério e de seus profissionais, em especial, o Professor, que tem sido alvo de vários ataques e projetos legislativos reacionários.

Os educadores da Capital vão usar a irreverência para denunciar o descaso da Prefeitura de São Luís e Secretaria Municipal de Educação (SEMED) quanto às reivindicações da categoria, que está há dois anos sem reajuste salarial. Os professores pleiteiam o cumprimento da Lei Nacional do Piso, que reajustou o vencimento base em 4.17%, e a recomposição das perdas acumuladas (17,46%).

As perdas salariais têm reduzido o poder de compra dos professores, e “achatado” o piso salarial do Magistério. “Na greve ou no carnaval, o professor deve seguir unido e lutando em defesa dos seus direitos”, assinalou na professora Gleise Sales, dirigente de Assuntos Educacionais do Sindeducação.

ADQUIRA SUA CAMISA – O lote único está à venda na sede do Sindeducação, Cohab, até sexta-feira, dia 22, no horário das 8h às 18h. A camisa para sócio custa R$ 15 reais; e para acompanhante, R$ 20 reais.

Por Amanda Aguiar – Imprensa Sindeducação.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *