30.05.2017 – Presidente do Sindeducação em entrevista à Rádio Mirante AM

Apresentador lê matéria publicada no Portal Imirante.com informando que definitivamente a educação municipal de São Luís atravessa uma crise profunda. As escolas somam desastres em suas estruturas – vários tetos já caíram sobre alunos e professores – e mais uma possível greve se aproxima. Nesta segunda-feira (29), foi a vez dos estudantes e funcionários da Unidade de Educação Básica Governador Jackson Lago, localizada no bairro da Cidade Operária, sofrer com o descaso. Após uma forte chuva, parte do forro de uma das salas de aula desabou. Segundo o Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de São Luís (SINDEDUCAÇÃO), hoje cerca de 40 escolas estão com as aulas paralisadas na capital maranhense. No último sábado, os professores da rede municipal de ensino de São Luís decidiram paralisar as atividades por tempo indeterminado. A categoria decidiu pela Greve Geral depois da intransigência da Prefeitura de São Luís que finalizou a mesa de negociação sem oferecer nenhum reajuste para os profissionais do magistério. Em texto publicado em seu site, o SINDEDUCAÇÃO afirma, também, que as péssimas condições da infraestrutura das escolas motivaram o movimento grevista, que deve se iniciar em agosto.

Ouça o áudio. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *