Convocação dos Profissionais Concursados de 2016 é uma vitória da luta e da educação de São Luís

Na segunda-feira, 17 de maio, o prefeito Eduardo Braide anunciou, em suas redes sociais, a convocação dos 70 profissionais da educação que realizaram concurso público em 2016 e que aguardavam serem chamados. A iniciativa foi confirmada ao Sindeducação no mesmo dia pelo representante da Semed, o secretário-adjunto de Administração e Finanças, Maurício Evandro Martins Hiluy, em reunião na sede da Semed, no bairro do São Francisco, e que contou com a participação das professoras Credimes Mendes e Ingrid Furtado (representando a comissão dos profissionais) e dos co-vereadores do Coletivo NÓS (PT), Jhonatan Soares, Raimunda Oliveira e Flávia Almeida.

No encontro desta tarde, a Semed informou que os 70 profissionais que serão convocados nos próximos dias pela Prefeitura de São Luís atuarão na Zona Rural (9 professores da Educação Infantil e 18 professores dos anos iniciais) e na Educação Especial (4 professores Intérprete de Libras, 2 professores de Braile e 37 profissionais de Atendimento Educacional Especializado). Patrícia Caldas, chefe da Assessoria Técnica Pedagógica da Semed, explicou aos presentes que a Prefeitura de São Luís só pôde confirmar a convocação dos profissionais nesta segunda-feira, após realizar uma análise de impacto financeiro orçamentário para o município.

Na oportunidade, a diretoria do Sindeducação lembrou que 11 professores intérpretes de Libras, aprovados dentro das vagas, mas ainda não convocados, precisavam constar no Edital de Convocação, assim, solicitou que sejam convocados mais 7 profissionais, além dos 70 já confirmados. Lamentou ainda que, dentre os 26 professores de Educação Infantil disponíveis para a Zona Rural, somente 9 serão convocados: “A convocação desses profissionais seria uma oportunidade real de fortalecer a educação infantil, reoxigenar esse nível de ensino e iniciar um processo de incorporação das escolas comunitárias. Estamos aguardando ainda que a Prefeitura apresente levantamento da carência de profissionais e do número de alunos na rede no ano de 2021, que comprovadamente se retraiu neste período de pandemia e que, portanto, precisa de uma política de recuperação de matrículas”, ponderou a secretária de Comunicação do Sindeducação, Ana Paula Martins.

Vitória para a educação

 A professora Sheila Bordalo, presidente do Sindeducação, acrescentou que esta convocação é uma vitória para a rede municipal. “É uma ótima notícia para a educação de São Luís e para os profissionais que tanto aguardavam para serem chamados. É também fruto da mobilização e da articulação dos concursados com o Sindeducação e a categoria, acima de tudo, representa o compromisso da entidade com a educação pública e vamos continuar lutando pela convocação dos Intérpretes de Libras. Parabenizo a todos os envolvidos, temos certeza que todos os profissionais contribuirão para promover as mudanças que a educação do nosso município tanto necessita”, declarou.

A integrante da comissão dos concursados, professora Credimes Mendes disse que após a notícia desta segunda-feira, a missão está cumprida. “Hoje finalmente nós tiramos um peso das nossas costas após 4 anos de muita luta”, avaliou a concursada.

O co-verador do Coletivo NÓS, Jhonatan Soares, aproveitou a oportunidade para reforçar que a Prefeitura de São Luís necessita tão logo abrir o diálogo com o Sindeducação, reforçando que a gestão municipal precisa iniciar as tratativas da Mesa de Negociação Permanente de 2021, lembrando que os professores do Magistério há 4 anos estão sem reajuste salarial. “A educação vem sendo sucateada há 12 anos, temos problemas de diversas ordens – infraestruturais nas escolas, de cargos e carreiras dos profissionais, entre tantos outros. Ainda bem que hoje celebramos esta conquista, nós usamos a tribuna para cobrar o que tem que ser cobrado e parabenizar o que tem que ser parabenizado. Hoje temos um grande resultado para quem sempre cobrou: o sindicato e esses profissionais”, declarou.

_______

IMPRENSA SINDEDUCAÇÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *