Sindeducação parabeniza os pais educadores da rede pública municipal

Sem título-1

“Os pais também são professores, na realidade, os nossos primeiros professores. São eles que nos auxiliam no “desenrolar” das primeiras palavras, a dar os primeiros passos, ensinar o caminho da escola, a amarrar os sapatos, o nome dos nossos familiares, entre outras milhares de coisas”. Paulo Ricardo Zargolin

A frase do autor acima, nos dá a oportunidade de reflexão, de valorização dos pais, de pensarmos o quanto seus ensinamentos são importantes para a nossa formação. Pai pode ser visto como herói, como exemplo, como ídolo entre tantas referências que atribuímos à sua figura.  É comum que muitos filhos escolham a profissão do pai para seguir. Afinal, a admiração que costumamos ter, seja pelo pai ou pela mãe, ultrapassa o ambiente familiar e segue gerações.

Pais são verdadeiros mestres! Pai, que é professor, tem essa missão dobrada, cabe a ele ser referência dentro de casa e na sala de aula. Ele ensina, ele corrige, ele dá broncas quando há necessidade e, muitas vezes, principalmente quando não depende só dele, há conflitos que são difíceis de serem solucionados. Na oportunidade que celebramos o Dia dos Pais, o Sindeducação – gestão Renovar e Avançar na Luta, parabeniza todos os pais que são professores da rede pública municipal e, em nome das crianças e adolescentes, agradece seu empenho em prol da educação, uma luta diária que, infelizmente, não é valorizada por aqueles que ainda tratam a educação como custo e não como um investimento.

Quando o assunto ainda são as condições que os professores enfrentam diariamente nas escolas do município, as cobranças impostas pela sociedade, de que é do professor que depende o futuro do país, independente do gênero, a luta é a mesma para todos. Professor precisa ter garra, precisa ter ânimo para enfrentar as duras adversidades diante da deficiência de políticas públicas educacionais e de valorização profissional. Professor, que é pai e arrimo de família, para poder garantir o sustento da casa, encara grandes jornadas de trabalho, lecionando de manhã, de tarde e à noite em bairros distantes (são horas desperdiçadas em longos trajetos) e em escolas que não oferecem segurança, seja pela falta de infraestrutura, seja pela violência – outro problema que assola a capital maranhense. Além disso, os professores, ainda lidam com a falta de materiais e recursos pedagógicos e, se não bastassem os baixos salários, retiram parte do que recebem para a compra desses itens, tudo para não prejudicarem o andamento de suas aulas.

O cenário precário que se encontra a educação municipal, faz destes professores verdadeiros guerreiros, que precisam, sim, de admiração, de homenagens em datas comemorativas, porém eles precisam de muito mais: precisam ser VALORIZADOS.

Feliz dia dos Pais! Parabéns, professores por lutarem, por vencerem tantos desafios na busca por uma educação de qualidade para as nossas e suas crianças e, ainda assim, cumprirem essa nobre missão, a de educar.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *