Sindeducação cobra novamente abertura da mesa de Negociação 2017

campanha salarial 555 386

No dia 13 de janeiro, o Sindeducação iniciou oficialmente a Campanha Salarial 2017, aprovando a proposta de reajuste salarial, dentre outros itens da pauta de reivindicação, em Assembleia Geral Extraordinária. A proposta foi encaminhada para a Secretaria Municipal de Educação (Semed) por meio de ofício, solicitando a abertura da mesa de negociação, mas até o momento o sindicato não recebeu resposta. Na sexta-feira, 27, a diretoria do Sindeducação enviou, novamente, um ofício requerendo o posicionamento do órgão público.

A presidente do Sindeducação, professora Elisabeth Castelo Branco, afirma que continuará cobrando incisivamente. “A nossa reivindicação tem sido pontual e constante, não vamos cessar esforços para efetivar o início das negociações”.

O atual cenário educativo de São Luís é marcado pela precariedade do ensino público e a omissão do poder público, que oferece ambientes escolares sem condições básicas para o desenvolvimento das atividades pedagógicas.

A pauta de reivindicação dos docentes prevê a contemplação das necessidades prioritárias das modalidades educacionais da rede de ensino: Educação Infantil, Educação Fundamental, Educação Especial, Educação Física e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Vale ressaltar que o documento não se limita somente as dificuldades enfrentadas pelos professores, vai além, pois a luta da categoria também é por uma educação pública de qualidade para as crianças e os jovens de São Luís.

A mesa será composta por membros da diretoria e professores da base, sendo os titulares, Cássia Miranda e Rodrigo Goulart, e os suplentes, Odiliogério Gramosa e Leonel Torres.

Professor, a Pauta de Reivindicação ainda está disponível no site do Sindeducação: sindeducacao.org. Para colaborar com a construção do documento, envie sua sugestão para o email: jornalismo.sindeducacao@gmail.com

Professor, você é essencial nesta Luta!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *