SEMINÁRIO | Sindeducação abre lote exclusivo para inscrições de educadores sindicalizados

O sindicato abriu um lote com 45 vagas, que são destinadas, exclusivamente, para os professores ASSOCIADOS. A inscrição é totalmente gratuita! 

As professoras e professores ASSOCIADOS ao Sindeducação poderão fazer suas inscrições para o Seminário: A Práxis Pedagógica no Novo Cenário Político Educacional: entre o ideal e o real, que acontecerá de 8 a 11 de Maio, na Associação Comercial do Maranhão, Centro Histórico da Capital, com a presença de diversos palestrantes de renome estadual e nacional. O evento, realizado pelo Sindeducação por meio da Secretaria de Assuntos Educacionais, visa valorizar o profissional da educação, agregando e atualizando os conhecimentos, com objetivo de aperfeiçoar a gestão em sala de aula, e aprofundar temas como a saúde física e emocional dos docentes.

Para realizar a inscrição, é necessário acessar e preencher com todos os dados solicitados, o FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO que pode ser acessado clicando AQUI.

Este será o segundo seminário realizado pelo Sindeducação na atual gestão. É planejado sob uma visão panorâmica da Educação Pública municipal, com temas que afligem a categoria diante de um cenário caótico. O primeiro seminário, realizado em 2017, abordou o tema Educação Infantil.

Já estão confirmados, como palestrantes, a professora doutora Cacilda Rodrigues Cavalcanti (UFMA); professor doutor João Bottentuit Jr. (UFMA); professora doutora Joelma Reis (UFMA); professor mestre Carlos Eduardo Penha Everton (IFMA); professor mestre Gilvan Azevedo (IFMA); professor doutor Acildo Leite da Silva (UFMA); e o professor doutor Genylton Rocha, da Universidade Federal do Pará (UFPA), dentre outros.

Para o sindicato, os avanços na educação perpassam por várias concepções, dentre as quais, políticas, pedagógicas, ideológicas, e não menos importante, emocionais. Todas essas temáticas serão aprofundadas durante o evento, potencializando discurso e reflexão entre o cenário ideal e o real.

Para a professora Gleise Sales, secretária de Assuntos Educacionais da entidade, a educação municipal há muito é negligenciada, falta estrutura física e pedagógica, recursos didáticos, profissionais, entre outras situações alarmantes, mas não faltam questionamentos de quem é o fracasso da educação, ou onde está a fragilidade do ensino público, ou ainda, quais devem ser as Políticas Públicas necessárias e urgentes para avançar na educação. “Questionamentos não faltam, nós não podemos é ficar apáticos diante desse cenário de guerra, em que os profissionais do Magistério são sempre apontados como os culpados pela falta de qualidade da Educação Pública”, frisa.

Segundo a sindicalista, o Poder Público sempre dá um jeito de retirar a sua responsabilidade, lançando todo o fracasso e caos da educação sobre o professor. “Nessa falácia, o gestor municipal desconsidera toda a contrapartida que deveria ser oferecida pelo governo”, assinala Gleise Sales.

O Sindeducação possui uma visão holística do processo educacional, e entende que todos devem estar envolvidos para o avanço da Educação Pública. “A Administração Municipal não dá estrutura, não prestigia seus professores e pesquisadores, mas, mesmo assim, em espaços inadequados para o desenvolvimento da aprendizagem, os profissionais do Magistério desenvolvem, sem medidas, o saber, e os avanços conquistados se devem, única e exclusivamente, ao empenho desses profissionais”, finaliza a professora.

CENÁRIO ATUAL – O professor em sala de aula precisa saber analisar o cenário político educacional que está envolvido, e no contexto pedagógico pensar novas práticas, aquelas que realmente alcancem seus alunos. Estar em sala de aula requer uma reflexão diária sobre a prática pedagógica, com base na premissa da ação-reflexão-ação. No cenário político disposto pelo novo Governo Federal, é necessário se envolver, e cada vez mais, tomar conhecimento de todas as mudanças que vão atingir, direta e indiretamente, os docentes de todo o País.

 

Imprensa Sindeducação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *