SEGUNDO DIA | Palestrantes abordam os desafios da Educação Infantil e a transição para o Ensino Fundamental

Professora Joelma Reis proferiu palestra aos educadores participantes.

Professores Doutores na área da Educação palestraram nesta quinta-feira, 9, durante o segundo dia do Seminário dos Anos Iniciais, realizado pela Direção do Sindeducação na Associação Comercial do Maranhão, no Centro Histórico da Capital. O evento é direcionado aos educadores da Rede Pública Municipal, com o objetivo de valorizar o profissional da educação, agregando e atualizando os conhecimentos, a fim de aperfeiçoar a gestão em sala de aula. Os professores Genylton Rocha (UFPA); José Carlos de Melo (UFMA); Joelma Reis (UFMA); e Raimundo Brandão (UEMA), foram os palestrantes do dia.

Professor da UFPA, Genylton Rocha, também palestrou durante o evento.

A Docência nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: os desafios postos pela formação integral da criança, foi a palestra inicial proferida por Genylton Rocha. Durante sua apresentação, o doutor fez uma abordagem acerca da contribuição da Docência para a formação integral do sujeito nos primeiros anos escolares.

Segundo Genylton, os professores passam por uma companha sistemática de desqualificação, promovida pela Gestão Pública brasileira. Ainda de acordo com o especialista, os professores estão sendo categorizados como maus profissionais. “Nos últimos 20 anos foram criados diferentes mecanismos de controle do que se faz no interior da sala de aula, com o objetivo de culpabilizar os profissionais de educação por aquilo que tem sido chamado de fracasso escolar”, avaliou.

Professor José Carlos de Melo falou sobre o papel do lúdico na transição escolar.

Também pela manhã, o professor José Carlos de Melo ministrou a palestra “O papel do lúdico na transição da Educação Infantil para o 1° Ano do Ensino Fundamental”, e destacou a brincadeira, como item importante da Educação Infantil. Para palestrante, a brincadeira é parte fundamental do desenvolvimento.

“Nos anos iniciais as crianças não estão preparadas para as etapas seguintes da educação, então o papel do professor, nesse primeiro ano, é fundamental para que a criança consiga transpor esse nível de maneira gradativa”, observou.

À tarde, a professora Joelma Reis e o professor Raimundo Brandão, abordaram, respectivamente, “A Proficiência na Leitura para o 3° Ano” e “O Ensino da Matemática nos Anos Iniciais’.

Professora Joelma Reis.

Para Joelma Reis, apesar de toda precariedade da Rede Pública Municipal da Capital, por exemplo, que carece de infraestrutura e de uma continuidade de políticas de formação de professores alfabetizadores, o planejamento escolar deve contemplar a leitura, não apenas do livro de literatura, mas de uma infinidade de conteúdo que possa ser discutida. “A roda de conversa também deve ser valorizada, mas não precisa ser apenas sobre o conteúdo do livro”, enfatizou.

As relações dialógicas precisam ser o ponto de partida e de chegada, tudo tem que partir dessas relações”, finalizou a professora.

O professor Raimundo Brandão falou sobre a importância do estudo da Matemática nos anos iniciais. De forma didática, o educador apresentou pesquisas produzidas na UEMA, e a distinção entre matemático e quem ensina matemática. “O pavor de crianças e adultos pelo conteúdo foi evidenciado, principalmente no que toca os alunos das escolas públicas”, pontuou.

Professor Raimundo Brandão frisou a importância do ensino da Matemática nos anos iniciais.

Brandão finalizou sinalizando que a didática faz toda a diferença na hora da aplicação do conteúdo, e também para a desmistificação da disciplina.

PARTICIPAÇÃO – Os professores participantes manifestaram satisfação em participar do evento. Para a professora Lígia Sá da Costa, o evento organizado pelo sindicato é uma oportunidade para o aperfeiçoamento da prática escolar. “A iniciativa do Sindeducação valoriza os profissionais que dão o suor, diariamente, em prol da Educação Pública Municipal, e preenche uma lacuna deixada pela Administração que deixa de ofertar cursos dessa natureza”, avaliou.

Professora Lígia da Costa interagiu em diversos momentos do seminário.

A professora Etiene Berredo frisou que o conteúdo apresentado no seminário está servindo para fomentar uma reflexão mais profunda sobre a atuação do professor nas escolas. “As palestras têm mudado o nosso pensamento sobre diversos assuntos que acreditávamos estar consolidados, o Sindeducação está de parabéns”, pontuou.

Confira, abaixo, mais imagens do Seminário:

 

 

Imprensa Sindeducação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *