COMBATE ÀS DROGAS | Professores da Rede Municipal e Ministério Público desenvolvem projeto nas escolas da Capital

Vencedores do concurso com a promotora de Justiça, Cristiane Lago, e a professora Flor de Cássia.

Professores da Rede Municipal desenvolveram, no período de 11 a 19 de março, mais uma edição da campanha institucional “Quem escolhe seu caminho? Você ou as drogas?”, na UEB Camélia Costa Viveiros, Bairro Coroado; e na UEB Prof. Rubem Almeida, no Coroadinho. O projeto, que conta com o apoio do Ministério Público Estadual (MPMA) e instituições parceiras, busca estimular o debate sobre os malefícios das drogas no ambiente escolar, com foco na prevenção e combate ao uso de substâncias por crianças e adolescentes que frequentam o espaço escolar.

Durante a campanha, a temática foi trabalhada pelos professores, que orientaram os alunos à produção de desenhos e poesias para um concurso, com premiação para os três primeiros classificados. As atividades foram iniciadas no dia 11, envolvendo toda a comunidade escolar com debates e produções individuais.

A professora Flor de Cássia, que coordena a atividade nas escolas, acredita que o debate sobre temas relevantes devem ser trabalhados no ambiente escolar, para orientação de crianças e adolescentes.”Nessa luta temos a importante parceria do Ministério Público Estadual, que tem contribuído para o sucesso do projeto”, comentou.

A titular da 11ª Promotoria de Justiça de Substituição Plena, Cristiane Lago, participou das atividades, e ressaltou que proposta do MPMA é alertar sobre o perigo das drogas e suas consequências na vida das pessoas. A promotora ministrou palestra para alunos da UEB Prof. Rubem Almeida.

As profissionais de Psicologia e Enfermagem, respetivamente, Aline Marlane Costa e Layana Thays Alves, ministraram palestra aos alunos do ensino fundamental maior sobre os efeitos das drogas no organismo, e as doenças provocadas pelo consumo dessas substâncias. “A conscientização dos jovens sobre os malefícios do uso das drogas é a melhor forma de prevenção. Com a informação, a tendência é que o jovem diga não”, avaliaram.

A professora da UEB Camélia Viveiros, Francinete Moura, que desenvolve trabalho voluntário na Arquidiocese de São Luís, Pastoral da Sobriedade, também palestrou e, ao longo da semana, promoveu discussões sobre o tema com os alunos da escola.

De acordo com a professora Flor de Cássia, o envolvimento da comunidade escolar na UEB Profº Rubem Almeida, turno Noturno, foi empolgante, superando as expectativas. “É uma forma de buscarmos a prevenção desse mal tão presente na sociedade”, frisou a educadora.

VENCEDORES – Os alunos da Modalidade EJA, Ezequias Santos Machado de 61 anos de idade da 5ª/6ª séries; e José Divino Sousa Aguiar, da 7ª/8ª séries, foram os vencedores na Categoria Desenho. Leane Coelho Santos, da 5ª/6ª séries, foi a vencedora na categoria Poesia intitulada “Drogas”. O texto produzido pela discente, aborda os perigos do envolvimento do jovem com as drogas.

Imprensa Sindeducação.

.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *