CHÁCARA BRASIL | Pais fazem nova manifestação e exigem resposta da SEMED sobre o funcionamento de creche

Na manhã da última segunda – feira (28), pais das comunidades da Chácara Brasil, Divinéia, Sol e Mar, Vila Luizão e adjacências, se reuniram mais uma vez na frente da Creche Escolar da Chácara Brasil, no bairro do Turu, para cobrar da Prefeitura de São Luís a entrega do espaço para que seus filhos possam estudar.

“Lamentável essa situação. Foram vários anos construindo essa creche, patrimônio público, para ficar abandonada, e até o  momento não recebemos uma posição da prefeitura, por isso resolvemos fazer essa manifestação para que os direitos dos nossos filhos sejam respeitados. Queremos educação de qualidade, é um direito nosso”, destacou Silvana Pereira, mãe de um garoto de 3 anos.

“Isso é um desrespeito com a gente. Eu não estou trabalhando porque preciso ficar com ele, sendo que tem uma creche, com espaço amplo, e que poderia está atendendo às necessidades dos nossos filhos. Muito triste”, ressaltou José Anastácio, pai do pequeno Davi Lucas de 2 anos.

Essa não é a primeira vez que os pais se reúnem na tentativa de buscar respostas sobre a situação dessa creche. VEJA

Na semana passada, a direção do Sindeducação foi ao Ministério Público estadual com os pais, para entregar ao promotor da educação um relatório contendo imagens dos sinais de abandono que a creche já possui.

E ainda uma lista com nome das mães que querem matricular seus filhos de forma presencial, já que não possuem condições de fazer matricula online.

Além disso, na manifestação, os pais cobraram a presença do Secretário de Educação. “Só vamos sair daqui se o secretário ou alguém da SEMED der uma resposta para todas essas mães.”, destacou Geiza Salazar, mãe de uma criança de 2 anos.

No final da manhã, o Secretário de Educação se fez presente no local. Segundo ele, a creche será entregue e iniciará seu funcionamento no mês de Maio.  “Não podemos colocar para funcionar sem o mobiliário e sem a formação de professores. Mas, não se preocupem que no mês de maio a creche da Chácara Brasil será entregue a comunidade”, afirmou o Secretário de Educação.

Outra creche que não foi entregue é a do bairro Cidade Operária. Com capacidade para atender até 376 crianças, teve construção iniciada em 2015. O que parece é que o prédio ainda nem foi concluído, já que faltam ainda alguns serviços como calçamento, jardinagem e acabamento. A obra foi orçada em R$ 1.695.479.48 (hum milhão, seiscentos e noventa e cinco mil, quatrocentos e setenta e nove reais e quarenta e oito centavos).

“Estamos atentos a todos esses problemas que já vem se arrastando desde 2013 e vamos continuar cobrando e exigindo soluções da SEMED sobre a construção das 25 creches prometidas pelo Governo Municipal de Edvaldo Holanda Júnior. São Luís possui uma demanda muito grande da oferta de creches e escolas de Educação Infantil, e com o projeto de construção de 25 creches / escolas,iria amenizar as necessidades das famílias ludovicenses que precisam trabalhar e deixar os seus filhos em um ambiente seguro e de qualidade. Esse é um direito garantido na constituição federal, e as mães tem o direito de cobrar do Poder Público”, destacou a presidente do Sindeducação, Elisabeth Castelo Branco.

INVESTIMENTO – A Prefeitura de São Luís já investiu 1,7 milhão de reais na construção dessa creche. Foram destinados recursos por meio do Programa Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) na ordem de R$ 35.000.000,00 (trinta e cinco milhões de reais) para a construção de 25 creches, 13 Escolas de Ensino Fundamental e ainda a construção e cobertura de quadras poliesportivas em escolas.

 

Imprensa Sindeducação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *